quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Religiões, seitas e heresias

Revista do 1º trimestre de 2014 - Editora Betel
Tema: Religiões, seitas e heresias: como identificar e refutar os falsos profetas e seus ensinos
Este é o assunto que a Editora Betel trará para estudarmos no próximo trimestre de 2014, o qual de antemão apresentamos aos nossos queridos leitores.

Palavra do comentarista
Olá, querido professor!
Neste trimestre conheceremos falsos ensinos praticados por diversos grupos, na sua grande maioria nascidos dentro do cristianismo, que se transformaram em seitas, cujas doutrinas heréticas torcem os ensinos das Sagradas Escrituras e consequentemente criam cismas e grupos de apóstatas.
A escolha do título de cada lição levou em consideração alguns dados importantes, tais como: Brasília é considerada a capital mundial do esoterismo; O Brasil é considerado o maior país espírita do mundo; O Brasil é o segundo país no mundo em números de adeptos das Testemunhas de Jeová; A religião que mais cresce no mundo não é o Cristianismo, mas o Islamismo; Há aproximadamente dez milhões de Mórmons espalhados pelo mundo. Além destes fatos, há uma imensidão de heresias que sutilmente tentam entrar no seio da igreja, e por falta de conhecimento um número expressivo de cristãos tem dado ouvidos a tais ensinos.
O objetivo de cada lição neste trimestre é conhecer as heresias e citar as seitas que negam, de modo pertinaz, verdades da Bíblia Sagrada, e, à luz da Palavra de Deus, aprender a refutá-las. Assim, “estar... sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós” (1Pd 3.15).
Bons estudos e a paz do Senhor!

Sumário (clique nos links e veja os esboços)
01..................................................Como identificar e refutar as seitas e heresias
02..................................................Espiritismo, uma das seitas que mais crescem no Brasil
03..................................................As Testemunhas de Jeová
04..................................................Congregação Cristã no Brasil
05..................................................Mormonismo, a mais anticristã das seitas
06..................................................Adventismo do Sétimo Dia
07..................................................Catolicismo Romano
08..................................................Seicho-No-Iê, a seita oriental mais popular no Brasil
09..................................................Wicca, um nome moderno para a velha bruxaria
10..................................................O movimento da Nova-Era
11..................................................Islamismo, a segunda maior religião do mundo
12..................................................Budismo, e o seu crescimento sutil e silencioso
13..................................................Igreja Messiânica Mundial

9 comentários:

  1. A Paz,
    oportuno tema; interessante levarmos em conta que o assunto é altamente proveitoso quando aplicado objetivamente, dentro do pouco tempo de escola bíblica dominical. Sugiro apenas uma canção (hino) no início e deixar os avisos, parabenização de aniversário, leitura de relatórios e outras atividades direcionadas para o culto noturno do próprio domingo, por quê?
    Bem, teríamos nada mais nada menos que uma hora e 45 minutos de aula corrida, já que a escola é tradicionalmente de 09h às 11h, ou seja, ninguém iria embora fora do horário.
    Digo isto pela profundidade do assunto. O pluralismo religioso (toda religião salva) e o ecumenismo (dispersar doutrina e unirmos a outras crenças), são fatos que apresentando bem os pensamentos destas religiões e movimentos podem serem confrontados a veracidade e o perigo soteriológico.
    DVD's de 40 minutos, ex-espíritas, católicos e outros com apresentação de no máximo 03 minutos relatando resumidamente o que ocorria, o professor de ebd mostrando passagens bíblicas que advertem e contradizem os pensamentos, doutrina de quartas-feiras, antecipando estudos do domingo, por exemplo, nesta quarta a passagem da pitonisa em Samuel, e no domingo a lição do espiritismo, se não me engano será a 3ª lição da revista e assim sucessivamente. Nova era, Islamismo, muitas atualidades podem ser apresentadas, estatísticas de natalidade, a falsa paz que se apregoa das "boas religiões, como esses pensamentos estão sutilmente na cultura ocidental(hinduísmo-nova era, yoga etc), cópis de reportagens, jornais, apresentação de vídeo dentro da possibilidade da igreja, enfim, muita criatividade e aproveitamento do tempo serão úteis e fundamentais para um bom aprendizado.
    Apontamentos complementares aos alunos se a revista não der profundidade às vezes também é sugestivo. Induzir a igreja a receber ensino um culto antes da ebd, por exemplo em uma sexta-feira é ótimo para o reforço do dia.
    Sugiro os professores não perderem demasiadamente no histórico, pois consumirá demais o tempo.Fornecer estudo escatológico e dos alertas de Pedro e Paulo quanto aos falsos ensinos e profetas.
    Que Deus abençoe as aulas
    Férias de uns ou não , Janeiro a março deve ser grandemente esforçado o empenho dos professores. Nada de marcar santa ceia e eventos para o dia de ebd nesse próximo trimestre. Pena não terem colocado a maçonaria e a igreja local (W.Nee) mas é sugestivo completa-los ao fim da revista em cultos separados.
    Vai ser uma benção!
    Paz a todos

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz!
    Ótima colocação, T. Mendes, especialmente no que trata da "perda" de aula, quando a EBD é "cancelada" em função dos mais variados eventos da igreja. No mais, é um tema bastante instigante e motivador, o que também exigirá bastante de cada professor na abordagem dos temas.
    Também concordo com a ideia de antecipação do tema, não só por parte do pastor, mas também do próprio professor em sala de aula. Quando antecipamos um tema, de acordo com a exposição, fazemos com que a pessoa se interesse pelo conteúdo e procure, no decorrer da semana, analisar o assunto a ser abordado, ou no mínimo a difícil tarefa de fazer com que o aluno leia a revista da EBD. Quando isso tudo ocorre, certamente que aprender/ensinar/aprender se torna muito mais prazeroso.

    ResponderExcluir
  3. http://www.adventistas-bereanos.com.br/arquivos.doc/deveriaaigrejaensinardizimo.doc
    eis ai uma excelente e incontestável tese de doutorado de um pastor baptista americano. Russel Earl Kely.
    convido o comentarista da betel 2014 1º trimestre a contrapor esta tese.
    presbitero.blogspot.com ( profeta da verdade)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Sim, paga", respondeu ele. Quando Pedro entrou na casa, Jesus foi o primeiro a falar, perguntando-lhe: "O que você acha, Simão? De quem os reis da terra cobram tributos e impostos: de seus próprios filhos ou dos outros? "
      "Dos outros", respondeu Pedro. Disse-lhe Jesus: "Então os filhos estão isentos.
      Mas, para não escandalizá-los, vá ao mar e jogue o anzol. Tire o primeiro peixe que você pegar, abra-lhe a boca, e você encontrará uma moeda de quatro dracmas. Pegue-a e entregue-a a eles, para pagar o meu imposto e o seu".

      Mateus 17:25-27

      Excluir
  4. sou menbro da ad.madureira de guarulhos,porque nao colocaram a maçonaria nesta revista ,sera que os lideres estao com o rabo preso com esses caras, tiveram a manha de colocar a ccb , e la tem muitos servos temente e nao falaram nada dos maçons ,vcs podem esconder as coisas dos menbros mas eu quero ver esses lideres esconderem suas reunioes secretas do Justo Juiz a paz do SENHOR! emersonsoaresantos@ymy.com

    ResponderExcluir
  5. meu email é emersonsoaressantos@ymail.com

    ResponderExcluir
  6. é irmâo Emerson soares, tbm observei isto, todas as liçoes das ebds da assembleias de Deus, eles omitem, quando falam falam muito pouco passam por cima, o movimento pentecostal precisa urgente dum grande avivamento biblico.

    ResponderExcluir
  7. Acho interessante aulas de ED pra falar mal de o utras religiões e crenças e nenhuma pra contar a própria história , e como suas origens não tem nenhuma autoridade ...
    Aqui está o berço da intolerância e a falta de olhar pro próprio rabo...

    ResponderExcluir
  8. Fui professor por quatro anos na EBD de onde eu congregava. Quando saiu essa revista, o primeiro questionamento que fiz, diante da turma, foi: por que não tem uma lição voltada a Maçonaria ??
    Fui duramente rechaçado por um pastor ignorante, sem discernimento e conhecimento algum.
    Lamentável....hoje não mais estou nesse ministério, que por sinal se corrompeu a muito.

    ResponderExcluir